PNUD tem dificuldade para solucionar problemas na saúde

Por: Marilia Fontes

Delegados apresentam extrema dificuldade para prosseguir com o principal tópico do comitê

Assistindo a primeira sessão desta quarta-feira (03), acompanhei o comitê de Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), que abordou o tópico 1.1.1.2 no qual se refere ao processo de urbanização na saúde. Tendo em vista esses aspectos observei que maioria dos países presentes deram suas sugestões e apresentaram seus problemas.

Porém, algumas nações que não se manifestaram ou tiveram posicionamentos frágeis, que possuem a saúde pública boa, pela maior parte da população. Aparentaram ignorar o tema e não declarar nenhuma ajuda a outros países. Distinto de outros países que informaram suas situações e apresentaram algumas soluções.

Posso mencionar, por exemplo a África do Sul, que mostrou sua preocupação com os países mais necessitados. O Egito manifestou sua dúvida sobre Cuba auxiliar com mais médicos. A China indagou quando recebera de volta todo investimento.

Levando-se em consideração esses aspectos, é importante ressaltar a importância de todos os países se manifestarem, para conseguir chegar em uma solução ampla.