Debate resulta em soluções para a integração dos curdos

Por: Luana Rissi

Melhoras nas conferências e citações inconvenientes no comitê SOCHUM

O tema principal das discussões neste comitê foi a questão da etnia curda. Os delegados foram respeitosos com as decisões feitas entre si. Não obstante, algumas discussões mais fortes também se instalaram no decorrer do debate.

Acredito que o comitê tenha sido muito ético com decisões para com os curdos, prezando os direitos humanos dos cidadãos. De fato, houveram algumas discussões e dizeres inadequados ao momento e que tomaram tempo em um mesmo tópico, como a citação do Azerbaijão sobre a China estar “várzeando” no comitê por fazerem colocações demasiado exigentes.

Entretanto, não podemos deixar as abordagens sobre igualdade de lado. É com suma importância que digo que este comitê resultou soluções para inserir os curdos na sociedade, como também, conseguiram cinco milhões de dólares para recursos aos curdos e para a conferência no Cairo por dois anos, aprovadas pelo orçamentário. 

Destarte, a integração e reconhecimento dos curdos poderá ser executada de modo saudável, mas que levará certo tempo para que todos os feitos sejam realizados de forma eficiente.