Urgente: estouram revoluções na Grécia e na Turquia

Por: Isabela Dinis

Grupos gregos e turcos decidem se rebelar em defesa de seus direitos.

As populações grega e turca, que já andavam descontentes com as injustiças em relação aos seus direitos, resolveram ir às ruas nesta manhã de quinta-feira para protestar em busca de alguma mudança em relação aos seus direitos como seres humanos.

A situação se agravou quando foi visto que o povo se encontrava armado e, sendo assim, estes protestos não teriam um viés pacífico. Foi possível presenciar a destruição de locais públicos e uma grande quantidade de mortes, realizada tanto por civis quanto por militares que tentaram conter a população.

Foram recebidas informações de que essas revoluções teriam ideais socialistas e comunistas. Portanto, existe a suspeita de patrocínio da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS).

Provavelmente, os soviéticos estariam implantando ideais na população para que se revoltem com seu próprio governo. Em declaração, Stálin felicita os povos trabalhadores que lutam por seus direitos, afirmando também que a República Helênica e a República da Turquia serão bem vindas ao bloco soviético, assim como todos os países que desejam levar direitos ao seus povos.